Friday, January 11, 2008

uma verdade inconveniente

sabia que:

a produção pecuária produz mais gases de efeito de estufa (18%) que o sistema de transportes usado no mundo inteiro (13,5%)


o óxido nitroso proveniente do estrume dos animais é 300 vezes mais prejudicial para o clima que o dioxido de carbono


o metano (dos gases das vacas e ovelhas) tem 23 vezes mais impacto no aquecimento global que o dióxido de carbono


http://www.vegsoc.org/environment/

http://www.nrdc.org/water/pollution/ffarms.asp

é realmente uma verdade incoveniente (muito pouco mencionada, infelizmente...), mas não há dúvida que se consumissemos menos carne o futuro do planeta poderia ser mais risonho.

1 comment:

Sónia Cruz said...

Excelente informação! É realmente uma verdade que muita gente oculta, precisamente, por ser inconveniente dizer que os gases de efeito de estufa são criados, sobretudo, pela alimentação que o ser humano faz (devido à alimentação carnívora)e não devido aos transportes.

Embora diminuir a poluição dos transportes seja uma medida louvável, a questão que se põe é que a maior parte das pessoas prefere passar as responsabilidades em relação do ambiente para os outros, em vez de alterarem o que põem todos os dias no prato.

Ser vegetariano é ser amigo dos animais, mas não só. É sermos bons para nós mesmos, por melhorarmos a nossa própria saúde e melhorarmos todo o planeta em que vivemos. Se todos fossem vegetarianos acabar-se-ia a fome no mundo, já que o que se gasta a alimentar um só animal para abate daria para alimentar centenas de pessoas.

De notar que 80 a 90 por cento da produção de cereais dos E.U.A. são para alimentar o gado, não para alimentar pessoas. E já nem se fala do que se gasta em água e outros recursos do planeta. Os animais não procriam naturalmente, daí haver tanto gado e o preço dos cereais estar a aumentar, como podemos constatar de cada vez que vamos ao supermercado.

É desta informação que muita gente precisa para acordar e contribuir para um mundo melhor!